05/01/2017

Funasa garante mais R$ 9,6 milhões para levar água a assentamentos de MS

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) garantiu a liberação de R$ 9,6 milhões para a perfuração de poços nos assentamentos de trabalhadores rurais em Mato Grosso do Sul. De acordo com o senador Waldemir Moka (PMDB), os recursos foram empenhados sexta-feira (30), último dia útil do ano.

O dinheiro deve ser liberado em 2017, parceladamente, para construção de sistemas de abastecimento de água a milhares de famílias no Estado. Serão comprados e instalados grupos geradores, conjunto moto bomba, dosadores de cloro, entre outros equipamentos.

As obras serão executadas e acompanhadas pelo Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). Já as áreas a ser atendidas deverão ser anunciadas pelo superintendente da Funasa em Mato Grosso do Sul, Marco Aurélio Santullo.

O senador Moka ficará responsável pela indicação dos municípios a serem atendidos. “O critério será estritamente técnico, levando-se em conta as regiões de agricultura familiar e assentamentos que tiverem carência de água”, reforça.

Moka atribui o empenho da verba (garantia de pagamento) ao esforço do presidente Michel Temer e do presidente nacional da Funasa, Henrique Pires. “O presidente Temer e a direção da Funasa, além dos ministérios, têm sido parceiros do Estado nos projetos considerados vitais a várias comunidades”, destaca.