30/05/2017

Exército anuncia doação de área de 75 hectares para Parque Tecnológico de Ponta Porã

Prefeito Peluffo, comandante Menandro e senador Moka tratam da doação da área Prefeito Peluffo, comandante Menandro e senador Moka tratam da doação da área Foto: Toninho Souza / ACS Moka

O Comando Militar do Oeste (CMO) anunciou ontem, em Campo Grande, a cessão de 75 hectares para a instalação do Parque Tecnológico de Ponta Porã. O comandante do CMO, general Gerson Menandro Garcia, afirmou que a doação da área se deve ao alcance social do projeto, de grande importância para a fronteira.

Além de representantes do Exército, o encontro reuniu o senador Waldemir Moka (PMDB), idealizador do projeto, e o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo. O objetivo do parque é formar jovens para o mercado de trabalho, semelhante ao ensino do Parque Tecnológico de Itaipu, em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai.

O senador Moka argumenta que o centro de tecnologia permitirá que essa parcela de pessoas possa escolher seu destino, evitando contato com o tráfico ainda na adolescência. “Muitos jovens vão preferir trabalhar a ser recrutados pelo tráfico, atividade muito intensa na fronteira”, afirma.

Para o prefeito Peluffo, a instalação do parque na região vai permitir aos jovens uma ocupação diária, com inserção no mercado de trabalho. “O jovem que tiver uma profissão técnica tem grande chance de se manter longe do crime”, frisa.

O comandante Menandro Garcia reforçou a importância de o Exército participar da implementação do parque. “Somos parceiros do projeto porque entendemos que, além da questão tecnológica e científica, a instalação do parque cumprirá missão social de grande relevância”, disse.

O projeto prevê incentivo à inovação, à pesquisa e ao desenvolvimento científico e tecnológico, premiando a comunidade com bolsas de pesquisas, vagas e trabalho e de estágio, agregando universidades, projetos educacionais e ações de educação corporativa e gestão do conhecimento.

ouça áudio da matéria