06/07/2017

Moka e Geraldo cobram da ANTT retirada de obstáculos da BR-163 em Dourados

Senador Moka, deputado Geraldo e o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres Senador Moka, deputado Geraldo e o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres Foto: Luís Carlos Campos Sales / ACS Moka

O deputado Geraldo Resende (PSDB) e o senador Waldemir Moka (PMDB), coordenador da bancada federal, estiveram com o diretor Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) Jorge Luiz Bastos, nesta quinta-feira (6). Os parlamentares cobraram a retirada dos guardrails e a pavimentação asfáltica das vias marginais da BR-163 na área que compreende o perímetro urbano do município de Dourados.

A concessionária CCR MSVia está instalando guardrail nas laterais da rodovia desde o ano passado, fechando os acessos construídos por moradores e funcionários que trabalham em empresas sediadas na margem da rodovia. Os bloqueios estão impedindo o acesso a bairros populosos como Jardim Colibri, Parque das Nações, das Mangueiras, Limoeiro, Oliveira, dentre outros.

Moka considerou importante a reunião e afirmou que a retomada das obras de duplicação da rodovia é uma das prioridades da região. “Sabemos que a BR-163 é importantíssima para Dourados e região. E tudo o que estiver relacionado a essa concessão temos de tratar com a máxima urgência”, afirmou.

O senador disse que há preocupação geral dos municípios cortados pela rodovia. Moka recebeu pedido do secretário de Obras de Dourados, José Elias Moreira, para que fizesse gestão junto à ANTT para tentar acelerar a solução dos problemas.

Geraldo também considerou produtivo o encontro, afirmando que o diretor Jorge Luiz ficou de apresentar uma solução na próxima quinta-feira, quando haverá reunião com o ministro dos Transportes, Maurício Quintela, deputados e senadores, representantes da concessionária CCR MSVia e da Prefeitura.

A ANTT verificará a possibilidade de retirar os obstáculos que estão dificultando o acesso da população, desde que não apresentem riscos à segurança de pedestres, ciclistas e motoristas.