Notícias

Em reunião com senadores e deputados federais, no gabinete do senador Moka, em Brasília, Marcos Trad pediu apoio para resolver o problema no município.
Senador sul-mato-grossense propôs texto em 2015 e espera que Senado aprove o mais rápido possível para que seja encaminhado à Câmara dos Deputados.
Dentre as principais obras estão a construção de unidades de saúde, drenagem e pavimentação, contenção de enchentes, construção de praças e centros esportivos.
Pelo sétimo ano seguindo, senador Moka é considerado o melhor político do Estado por não responder a processos judiciais, por não faltar a sessões e pela qualidade da sua atuação em plenário.
“Carta de Brasília” prevê envolvimento direto e imediato de Brasil, Argentina, Chile e Paraguai para facilitar a implementação do corredor, cujo trajeto encurtará em cerca de 7.000 km o envio de produtos brasileiros para a Ásia.
Titula da pasta da Saúde, Ricardo Barros esteve na Comissão de Assuntos Sociais do Senado para debater os problemas sobre a falta de medicamentos para tratamento de doenças raras, cuja a subcomissão é presidida pelo senador Moka.
De autoria do deputado Domingos Sávio, projeto prevê a captação de recursos e a concessão de créditos e garantias devem ser restritas aos cerca de 9 milhões de associados brasileiros.
Subcomissão foi criada para levantar os principais problemas de doentes acometidos por essas enfermidades, como solução para a falta de medicamento, demora no diagnóstico e implementação de política pública com abrangência nacional.
Colegiado foi criado para elaborar normas que facilitem o diagnóstico mais cedo dessas enfermidades e o acesso aos medicamentos de alto custo.
Articulada pelo presidente da Subcomissão sobre Doenças Raras, senador Moka, proposta prevê destinação de R$ 200 milhões do Orçamento da União para o Ministério da Saúde.
Senadores e deputados decidiram destinar recursos do Orçamento para as áreas de saúde, infraestrutura, saneamento básico e esporte em várias localidades de Mato Grosso do Sul.
Veículos serão utilizados pela Polícia Rodoviária Federal para patrulhamento das rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul
Presidida pelo senador Moka, colegiado pretende reunir-se semanalmente para elaborar legislação mais adequada para auxiliar melhor os pacientes acometidos por essas enfermidades.
Um dos mais premiados nacionalmente, parlamentar sul-mato-grossense foi incluído na lista dos influentes por sua capacidade de articular votações, discussões e encaminhamentos de matérias nas comissões e plenário do Senado.
Parlamentar participou de reunião na capital paraguaia, com a presença de representantes de Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, em que foram discutidos investimentos desses países no corredor que ligará o Brasil ao Pacífico.